Mudanças, mudanças e mais mudanças – A eterna impermanência da vida.

Os trânsitos planetários no nosso mapa natal, os planetas vão estar sempre no mesmo lugar. O mapa é a “fotografia do céu” no momento exato do nosso nascimento. Todo mapa tem aspectos que facilitam a nossa vida e outros que trazem grandes desafios.

Há de se ter bons olhos para escutar... Rs, rs, rs. Muitas vezes o mapa fala de forma antagônica... Por isso, não esqueçam de olhar as áreas opostas, tanto nos aspectos natais, quanto nos trânsitos.



O tamanho do nosso medo fala da nossa coragem. É olhando para a nossa sombra, nosso chumbo, que vislumbramos nosso ouro, e é exatamente aquilo que exige, que mexe, que traz desconforto, que possibilita uma saída, uma luz.

Os planetas não estão parados no céu, eles estão em movimento e configuram toda uma dinâmica na nossa vida. Alguns trânsitos trazem boas oportunidades, abrem caminhos com muita fluidez, portas, e outros trazem experiências desafiadoras, crises, exigindo mudanças mais profundas e estruturais.



Os antigos chineses nomeavam a palavra crise com uma combinação de duas palavras: perigo (WEI) e oportunidade (CHI). Queria acrescentar mais duas palavrinhas, fazendo jus ao meu sol geminiano: consciência e escolha.

O mapa nos dá dicas fantásticas através do simbolismo dos planetas, signos e casas. Podemos saber o que significa um trânsito de plutão entrando na nossa casa VII, por exemplo, e isso pode ajudar no nosso posicionamento diante de algumas situações.

Mais que previsão, um trânsito pode prevenir! Se correr o bicho pega, se ficar o bicho come... E se juntar informações, dicas, sinais, aceitar a natureza do planeta, recebê-lo e se entregar, o bicho pode o que?? No mínimo se espantar e fugir!!!!! Mas não temos qualquer garantia.



Ah, voltando a Plutão. Casa VII é a área das parcerias, dos relacionamentos mais próximos, é o casamento, é estar definitivamente diante do outro, no confronto. Em meio a muita paixão, sedução, sexo, muitos questionamentos em relação a “me entrego ou não”, relacionamentos onde você pode se sentir raptada e em alguns momentos, sufocada, mas que te trazem a dimensão de Plutão, que é o quanto você pode “conseguir o que você quer”... “ o tamanho do seu desejo”, o contato real com seu poder e a possibilidade de aprender a ficar invisível, usar seu véu . Daí muitas coisitas mais... pessoas muito fortes, relacionamentos escondidos, triângulos amorosos, traição, violência. Que parceiro (a) você escolhe na vida??? Existe escolha?

A tomada de consciência parece ser um bom primeiro passo, mas a forma como vou interpretar o que está acontecendo depende do ponto em que podemos olhar em determinado momento. Podemos nos inundar de queixas, resistir, remar contra a maré de Plutão e insistir em permanecer re-clamando aos deuses.

Uma crise pode também ser um momento de virada, de algo novo, uma oportunidade de permitir que as coisas aconteçam de forma diferente da que estamos acostumados a fazer e se transformem. Tudo depende da nossa escolha e de estarmos dispostos a abrir mão de antigas crenças e velhos padrões condicionantes que já não precisamos mais.



Podemos tirar o sabor e o saber de tudo que nos chega. E penso que tudo é certo no final e se não tiver dando certo é porque não é o final.

Os ciclos dos planetas estão sempre nos lembrando que nossa existência, além de nos ser dada, nos é também cobrada. Estamos há todo tempo tendo de nos lembrar quem realmente somos para logo em seguida abrirmos mão de nós mesmos em alguma medida. É... muita respiração, enchendo e esvaziando.

"Aprendi com a primavera a me deixar cortar, cair as folhas e renascer."
(C. Meireles)


Nos últimos anos, temos vivido incomensuráveis desafios. Por outro lado, grandes oportunidades de fazermos belas sínteses individuais. Por isso pensei em fazer um exercício de escrever nas próximas semanas sobre os trânsitos dos planetas transpessoais: Urano em Peixes, Netuno em Aquário e Plutão em Capricórnio. As pessoas que têm planetas importantes nesses signos, passaram ou estão passando por muitas transformações...

0 comentários:

De onde vocês chegam...

Quem eu sou...

Minha foto

Patrícia Imbassahy

Salvador, Bahia, Brasil

Perfil completo

Contato

Home

Visitantes...

on line

internet stats

Total

Sobre o Blog...


Desde muito cedo estive cercada de pessoas amantes da astrologia. Lembro da primeira vez que estive numa feira de livros de astrologia, queria levá-los todos para a minha casa. Isso faz algum tempo... Ao certo ainda não sabia que esta seria minha grande parceira de jornada. A minha relação com a astrologia foi mudando ao longo dos anos. Passei por um tempo onde a curiosidade geminiana me levava a querer conhecer muitos autores diferentes, tempo em que muitos livros de astrologia foram lançados.


Tempo bom... Os diálogos na mesa do bar, do consultório, da rede e da cama trouxeram o colorido especial da experiência vivida, da entrega, ao meu trabalho.


Para mim a astrologia fala da nossa existência e nos lembra a todo instante que somos co-autores da nossa realidade.

CURRENT MOON

Twitter... É pra seguir!



Licenças

image
Creative Commons

O conteúdo deste blog está sob a proteção da licença do Creative Commons. É permitido a reprodução do conteúdo, desde que citada e linkada à fonte.

ATENÇÃO

Melhor visualizado no Mozila Firefox ou Opera.

Seguidores

O Céu neste momento...