A Astrologia (do grego astron, "astros", "estrelas", "corpos celestes", e logos, "palavra", "estudo", "ciência") é um grupo de sistemas, tradições e crenças que têm por objetivo a tentativa de estabelecer correlações entre os eventos no espaço, com os eventos na Terra.Embora não haja nenhum registo oficial acerca das origens deste estudo, é aceite que a astrologia terá surgido há mais de 4000 anos, e possivelmente muito antes. Esta aceitação deve-se aos registos históricos de várias culturas, como as do Egipto e Grécia, onde a astrologia era um dos ramos de sabedoria abordados pelos intelectuais desse tempo, pois não era incomum que um astrólogo fosse também filósofo, físico, e/ou matemático, ao mesmo tempo. Por não haver a sectarização do conhecimento, como hoje existe, aquilo que hoje chamamos de astronomia era parte integrante da astrologia.

Hoje, a astrologia não só separou-se da astronomia, como também dividiu-se em especializações, passando por um processo de evolução semelhante ao que encontramos, por exemplo, na medicina, onde não se espera que um médico saiba tudo, mas que seja especialista na sua área de estudo.

Durante séculos a astrologia se baseou na observação de objetos astronômicos e no registro de seus movimentos. Mais recentemente os astrólogos têm usado dados coletados pelos astrônomos e organizados em tabelas chamadas efemérides, que mostram as posições dos corpos celestes.

A ferramenta principal da astrologia é o Horóscopo (também conhecido como carta natal, carta astrológica, mapa natal, mapa de nascimento, ou apenas carta). Este mapa é um diagrama bidimensional que representa a posição dos corpos celestes vistos de certo local, que pode variar desde o centro da Terra, à sua superficie, e até tendo o Sol como ponto central. A interpretação do mapa leva em consideração:
  • posição destes corpos em relação aos signos do zodíaco.
  • cálculo das dignidades astrológicas.
  • posição absoluta e relativa destes corpos dentro de um dos sistemas de casas astrológicas.
  • os aspectos astrológicos: relação trigonométrica dos corpos celestes entre si.
Há, no entanto, diferenças na forma como estes apoios básicos são usados nas diferentes tradições, as quais incluem: desenvolver, ao observar o céu, um ou outro tipo de calendário, para medir as variações do clima no decorrer do ano. A função primordial destes calendários era prever eventos cíclicos dos quais dependia a sobrevivência humana, como a chegada das chuvas ou do frio.

Esse conhecimento empírico foi a base de classificações variadas dos corpos celestes. As primeiras idéias de constelação surgiram dessa necessidade de acompanhar o movimento.
  • astrologia ocidental.
  • astrologia chinesa.
  • Jyotish ou astrologia védica.
  • astrologia cabalística.
Também de maneira geral estas tradições incluem abordagens diferentes, entre elas:astrologia natal: estudo do mapa natal e seus desdobramentos.astrologia horária: o ramo divinatório da astrologia, analisa um mapa feito para o momento em que a questão é formulada.
  • astrologia eletiva: a determinação do melhor momento para empreender algo.
  • astrologia mundial: correlação entre eventos históricos e aspectos entre os planetas lentos.
  • astrologia agrícola: o uso da posição dos planetas nas práticas agrícolas.

Ao longo do tempo,a astrologia deixou sua marca na linguagem; influenza, nome antigo dado à gripe, veio a atribuição pelos médicos de causas planetárias à doença. Desastre vem do latim dis aster (má estrela), considerar de sider, porque se acreditava que o ferro vinha do espaço. Embora a astrologia ocidental use quase que exclusivamente o zodíaco tropical, a astrologia hindu usa o zodíaco sideral, que é mais próximo da posição astronômica dos astros no céu, mas seguindo a mesma forma de divisão do céu que o Tropical.

0 comentários:

De onde vocês chegam...

Quem eu sou...

Minha foto

Patrícia Imbassahy

Salvador, Bahia, Brasil

Perfil completo

Contato

Home

Visitantes...

on line

internet stats

Total

Sobre o Blog...


Desde muito cedo estive cercada de pessoas amantes da astrologia. Lembro da primeira vez que estive numa feira de livros de astrologia, queria levá-los todos para a minha casa. Isso faz algum tempo... Ao certo ainda não sabia que esta seria minha grande parceira de jornada. A minha relação com a astrologia foi mudando ao longo dos anos. Passei por um tempo onde a curiosidade geminiana me levava a querer conhecer muitos autores diferentes, tempo em que muitos livros de astrologia foram lançados.


Tempo bom... Os diálogos na mesa do bar, do consultório, da rede e da cama trouxeram o colorido especial da experiência vivida, da entrega, ao meu trabalho.


Para mim a astrologia fala da nossa existência e nos lembra a todo instante que somos co-autores da nossa realidade.

CURRENT MOON

Twitter... É pra seguir!



Licenças

image
Creative Commons

O conteúdo deste blog está sob a proteção da licença do Creative Commons. É permitido a reprodução do conteúdo, desde que citada e linkada à fonte.

ATENÇÃO

Melhor visualizado no Mozila Firefox ou Opera.

Seguidores

O Céu neste momento...